sábado, março 14, 2009

O Brasil, é um Estado Laico?













A Constituição Imperial de 1824, estabelecia que o catolicismo era a religião oficial do Brasil. Isso durou até l891, quando foi promulgada a primeira constituição republicana brasileira. De lá pra cá, até a ultima, de 05 de Outubro de 1988, todas as cartas magnas do país, preceituam o Brasil como um Estado laico. E o que é isso?

Laico, do latim laicus, segnifica leigo. Ou seja, o pais se manterá leigo em relação aos assuntos religiosos de sua população; não se envolvendo em questões religiosas. O
Artigo 19 da atual constituição, diz o seguinte: É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: I. Estabelecer cultos religiosos, Igrejas, subvencioná-las, embaraçar-lhe o funcionamento, manter com elas ou seus representantes, relações de dependencia ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público.

"Embaraçar-lhe o funcionamento, significa, restringir, dificultar, vedar, limitar a prática psíquica ou material dos religiosos", segundo interpretação de MIRANDA SILVA J., p. 253/254, 2000.

O Brasil é um país democrático, que prega isso para " os quatro cantos da terra". Mas, parece que nós os cristãos, não tomamos consciencia disso, e vivemos como se sempre estivéssemos na iminencia de sofrermos retaliações, ou perseguições. E, por esta razão, não exigimos (mesmo aqueles que tem assento nas casas legislativas), o que é nosso por direito .

E se chegássemos até o ponto de sermos perseguidos, como ficaria então o texto de Atos 5.41? O qual relata que os discípulos "saíram da presença do conselho regozijando-se por terem sido julgados dignos de padecer afronta pelo nome de Jesus".

Um dos maiores embaraços que sinto, é quando tenho que apresentar os irmãos de outras congregações, na nossa igreja, situadas nos inúmeros bairros com nomes idólatras. - Estão conosco os irmãos da congregação do São Francisco, do Santa Sofia, do São Cristovão, do São Joaquim, do São João, da Santa Maria, da irmã Dulce... e se fóssemos citar todos não haveria espaço.

É oportuno lembrar que esses embaraços são café pequeno, diante daqueles impetrados exatamente por quem formulou e aprovou a lei maior do país. Como um país laico tem tantos feriados religiosos? Aparecida, finados, Corpus Christi, sexta-feira da paixão. Para os parlamentares a lista não está completa. Falta o dia de Santo Antonio de Sant'ana Galvão, que se for aprovado na Câmara, o projeto de lei (PL 696/07) já aprovado pelo Senado será comemorado no dia 11 de maio.

Como um país laico gasta uma fortuna para recepcionar um papa. Por que é um chefe de Estado? E quais são os acordos bilaterais que foram assinados? Como se isso não bastasse, mais um embarço está sendo projetado. E nossos "representantes" dormindo no ponto. No momento em que é batido o martelo, eles se espantam, pensando estar na igreja, dizem amém.

Geralmente, nas igrejas evangélicas os rituais dos cultos são parecidos e em muitas são identicos. Começa com oração, louvor, leitura de um texto bíblico, seguido de oração novamente. Em seguida, alguns louvores apresentados por cantores prata da casa ou visitantes, mensagem e apelo; novamente louvor e ofertas, avisos, oração final e bênção apostólica. Isso pode mudar por força de lei.

Os evangélicos serão obrigados a executarem o Hino nacional brasileiro antes de começar os cultos, desde que esse culto, seja associado a um ato patriótico. Por exemplo: a comemoração do dia da indepêndencia do Brasil. O dia alusivo aos estados, um culto em ação de graças pela abolição da escravatura etc.

A proposta é do deputado federal Vital do Rego (PMDB-PB), que encaminhou projeto de lei recebendo o número 4627/09, o qual tornará obrigatória a execução do Hino Nacional brasileiro nas escolas de ensino fundamental e médio, antes de começar as aulas e em outros locais. No projeto, está definido como e quando o hino deverá ser executado. Na abertura de sessões cívicas, início de atividades desportivas, início e encerramento de transmissões de rádio e televisão (hoje somente a televisão estatal faz isso), e em cerimônias religiosas em que se associe um caráter patriótico.

Segundo o autor do projeto, a execução do hino brasileiro, "vai aumentar o conhecimento sobre o mesmo, tanto letra como melodia. E ensinar o povo a amar e preservar os valores patrióticos que ele simboliza para o país." O deputado diz ainda que, o povo brasileiro não sabe cantar o seu hino nacional. O projeto tramita em carater conclusivo na Câmara dos deputados, aguardando a análise das Comissões de Turismo e desportos, de Educação e Cultura; Constituição e Justiça, e Cidadania.

Cá pra nossos botões: Nós os evangélicos até que aprendemos cantar, agora votar... mas, da próxima vez, votaremos nas "pedras". Talvez estas clamarão!

17 comentários:

  1. Graça e Paz!
    "Examinai tudo e retem o que é bom...."
    As pessoas não tem parado para examinar nada,passam por cima de tudo e absorvem o que a grande massa quer.Nisso não tomam conhecimento de seus direitos aqui no mundo físico e muito menos no espiritual.
    Por tras de uma pequena "bobagem" pode haver um grande abismo apenas com o intuito de tirar a atenção para uma grande ação maligna.
    Por isso temos que ser cada vez mais simples como as pombas e prudentes como as serpentes..
    Amado irmão para descontrair um pouco deixei um premio para seu blog na sala de reuniao onde coloco os selos e mimos ofertados por minhas amigas, se for de seu interesse é seu.
    Te desejo um otimo dia na presença do Senhor!
    Joelma

    ResponderExcluir
  2. muy bella imagen en la parte superior de este artículo :)

    Sin embargo, creo que Brasil no es un estado laico, la religión tiene una enorme influencia en las instituciones, sino también en las personas.

    Pido disculpas si mi español no es perfecto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós falamos português não espanhol --'

      Excluir
  3. Estou passando para retribuir a visita ao blog fruto da promessa.
    Que DEUS continue guiando os teus passos.

    ResponderExcluir
  4. Navegando por ai achei seu blog. Surpresa boa. Vou segui-lo a partir de agora. Quando tiver um tempinho, vá visitar meu blog também, o Genizah.

    A paz!

    Danilo


    http://genizah-virtual.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. gostei muito do seu blog...exelente estudo..

    paz em Cristo

    ResponderExcluir
  6. Se o Estado brasileiro é laico, então por que diabos há um CRUCIFIXO na parede da corte do STF (ou sPTf)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo contigo. Sou Crista Catolica, e nao acho correto, pelo contrario, isso fere os valores de respeito ao cidadao e liberdade de culto. Um ateu pode se sentir ofendido!

      Excluir
  7. A Paz do Senhor irmão Nilson, gostei muito do seu blog, é esse texto "O Brasil, é um Estado Laico?" tá muito bom, um verdadeiro estudo...Parabéns...

    Um abraço

    Elenir Gonçalves

    ResponderExcluir
  8. Shalom meu amado
    O nosso país de laico não tem nada, mas nós que nos dizemos cristão não temos uma cosmovisão adequada quanto a ser civis e ser do reino, fazemos muita diferenciação esquencendo que em primeiro lugar somos cristãos e precisamos nos ater as coisas do Reino. No entanto, não podemos esquecer que este mundo é do maligo e os seus tem sido rápidos em promulgar os seus feitos.
    Ou paramos para nos levantarmos contra as suas artimanhas ou teremos que a cada dia ver e ouvir absurdos, que para um cristão é um tremendo de um absurdo.
    Que Yeshua nos ajude

    ResponderExcluir
  9. paula andreia oliveira luz2 de abril de 2010 09:28:00 GMT-7

    sou nova no blog queria entender mais o brigado a paz do senhor..

    ResponderExcluir
  10. A questão é que não dá pra apagar a história do Brasil, foi fundado por católicos.

    Mas deveriam retirar qualquer simbolo religioso de locais ligados ao governo e retirar "Deus seja louvado" das notas do Real também (parece que fizeram isso só pra copiar o Dolar).

    ResponderExcluir
  11. RI MUITO NESSA PARTE
    "Mas, parece que nós os cristãos, não tomamos consciencia disso, e vivemos como se sempre estivéssemos na iminencia de sofrermos retaliações, ou perseguições. E, por esta razão, não exigimos (mesmo aqueles que tem assento nas casas legislativas), o que é nosso por direito ."

    Perseguidos? Não exigem o que é de direito? É piada, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKK
      É verdade oque vc disse mais pense bem se não tenhu uma religião formada ainda mas e se eu quisesse colocar uma oferenda de macumba no lugar do crucifixo nos lugares legislativos será que eles iam gostar?

      Excluir
  12. http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=524259

    Quero ver algum cristão alegar que é perseguido agora, estão tentando acabar com a laicidade do Estado. Jesus e os apóstolos foram perseguidos, vocês, hoje, se dizem à semelhança de Jesus e forçam hoje, pelos seus líderes descritos na PEC 99 / 2011, BATISTAS, PRESBITERIANOS, CATÓLICOS ASSEMBLEANOS, UNIVERSAIS. Vocês são os perseguidores e não há maior prova que essa. Abomino o que o protestantismo se tornou, ah se Lutero visse isso! Bons tempos em que na inquisição os cristão lutavam por libertar, não por esravizar!

    ResponderExcluir
  13. Eu acho q a anti laicidade do nosso país promovem ideias como essa... As religiões cristã protestante/ católica são totalmente privilegiadas e as outras, principalmente de origem africana, ficam à mercê da boa vontade do governo. O Brasil,como país democrático, não deveria favorecer nenhuma religião e/ ou seita. Mas não rola...

    ResponderExcluir
  14. "Bons tempos em que na inquisição os cristão lutavam por libertar, não por escravizar!" - Sério? Você tem ideia do que foi a Santa Inquisição? Aparentemente não, foi uma perseguição e matança não justificada daqueles que não seguiam os dogmas cristãos.
    Sobre o Estado "Laico" brasileiro, notamos claramente que a grande maioria dos governantes levam suas crenças religiosas (seja qual essa for) para dentro de assuntos governamentais, impedindo o estabelecimento de um governo democrático. Um Estado separado das instituições religiosas, não é o caso do Brasil, tanto que nas notas está escrito "Deus seja louvado", comemoramos feriados cristãos e no Mato Grosso, se não me engano, é obrigatório que orem antes de começar qualquer tipo de procedimento. Logo, notamos o total nilismo do artigo, e alguns comentários, aqui apresentados. Independente da origem religiosa do nosso país ( que não é puramente cristã, afinal, somos produto de uma mistura absurda de culturas diversificadas), acredito que a única forma de obter um Estado justo para com os seus cidadãos, é quando este não está submetido a dogmas e crenças que não são compartilhados por toda a nação.

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão lidos. Pode-se concordar ou discordar neles, mas sempre com respeito. Todos esses serão publicados.